Comentário Art. 2º – VI do Código de ética dos administradores: Cuidados no zelo por sua reputação pessoal e profissional

Um administrador que se preze estará sempre atento às suas decisões profissionais e pessoais e em como elas refletem nos outros ou com são interpretadas por eles, veja porque:

Art. 2º  – VI – zelar por sua reputação pessoal e profissional, bem como pelo prestígio e dignidade da profissão;

Zelar pela reputação pessoal abrange todas as áreas da vida pessoal e social do administrador.

Sua relação com a família, com suas finanças pessoais, com os vizinhos, amigos e seu comportamento nas redes sociais.

Por isso todo cuidado é pouco.

As pessoas podem até não descobrir como anda exatamente sua vida familiar ou financeira, mas, seu comportamento em público sim.

Ainda mais se for através das redes sociais, então essa visualização ganhará proporções ainda maiores.

Entretanto, muitos ainda não se deram conta de como sua vida nas redes sociais pode interferir em como você é visto perante sua classe profissional.

Por isso, acabam prejudicando a própria carreira por não refletirem no impacto que aquela situação pode causar para outras pessoas.

Por exemplo, algumas empresas preferem não contratar profissionais cujo a maioria das fotos sejam de bebedeiras.

Ou ainda com gestos considerados agressivos ou palavreado de baixo calão.

Afinal de contas essa pessoa, se contratada, estará vinculada à marca da empresa.

Agora, mesmo que sua vida social e familiar estejam ótimas, você ainda precisa zelar por sua reputação profissional.

Isso porque não adianta possuir a melhor qualificação, fluência em vários idiomas e boa experiência, se não souber trabalhar em equipe.

Você pode ter todo curso que imaginar, se não souber a importância de desenvolver sua inteligência emocional, terá problemas.

O profissional ideal é aquele que reúne habilidades técnicas, habilidades comportamentais e sabe lidar com pressão.

Seja essa pressão por resultados ou por saber trabalhar em um ambiente que não seja confortável.

A forma como você é visto por seus colegas de trabalho possui grande peso na avaliação que você terá da sua reputação profissional.

E encerrando, o inciso traz ainda o zelo com o prestígio e dignidade da profissão.

Certamente, um profissional que zela por sua reputação pessoal (incluindo nas mídias sociais) e por sua reputação profissional não terá dificuldades em atender a parte final deste inciso.

Um administrador atento a sua postura, decisões e palavras automaticamente zelará pelo prestígio e dignidade da profissão.

De mesmo modo o contrário, refletindo indiretamente em sua categoria profissional ao abrir mão de valores e de sua integridade.

Posted in

Jadir Tosta Junior

Trabalhei por mais de 10 anos em grandes multinacionais como: Unilever, XEROX e VONDER. Atuo como Administrador concursado desde Novembro de 2011 em um órgão no Estado do Espirito Santo. Sou apaixonado por marketing digital e também por empreendedorismo, por isso, passo parte de minhas noites atuando como Consultor de Marketing de Digital/Inbound Marketing e Vendas pela internet e principalmente, fazendo algo que adoro: escrever aqui no blog.

Deixe um Comentário





Fixação de honorários e salários para administradores Parte 18

Fixação de honorários e salários para administradores: Parte 1/8 – Inciso I, art. 5° do Código de Ética

Por Jadir Tosta Junior | 13 de junho de 2019

Quando iniciei minha vida profissional na área comercial, vivi uma experiência inesquecível. Estava com dificuldades para fazer minhas vendas e quando vendia, ganhava pouco. Então, fui reclamar da comissão com o Diretor e ele me propôs um desafio. Apostou comigo que ele venderia um dos equipamentos pelo dobro do preço que eu ofertava, e fecharia…

Reexame da suspensão e do cancelamento do registro de Administrador

Por Jadir Tosta Junior | 11 de junho de 2019

O artigo 11º do Código de Ética dos Administradores, que trata das penalidades, já foi discutido no artigo Penalidades descritas no CEPA. Então, neste artigo vamos falar da possibilidade de reexame da suspensão e do cancelamento do registro profissional. O que diz o parágrafo 1º do artigo 11º do CEPA. § 1º Está sujeita ao…

Entidades de classe da Administração

Por Jadir Tosta Junior | 11 de junho de 2019

As entidades de classe da administração são grandes aliadas dos profissionais que atuam na área. Por isso, cabe aos administradores prestigiarem esses grupos, de modo a alcançar a coesão da categoria e fortalecer a profissão, Isso é o que traz o inciso I do artigo 10 do Código de Ética dos Administradores. Artigo 10 do…

tratar com respeito

Representantes de órgãos de classe da Administração devem tratar com respeito todos os administradores

Por Jadir Tosta Junior | 11 de junho de 2019

Já vimos em outro artigo que os profissionais da administração devem tratar com respeito e urbanidade os representantes de órgãos de classe. Mas, você sabia que a recíproca é verdadeira? Isso mesmo, os representantes dos órgãos da classe devem tratar os administradores da mesma forma. Portanto, não deve haver diferença no tratamento, o respeito e…

penalidades descritas no CEPA

Penalidades descritas no CEPA

Por Jadir Tosta Junior | 11 de junho de 2019

Temos aprendido juntos sobre o Código de Ética dos Administradores, artigo a artigo, e chegou a vez de abordarmos as penalidades descritas no CEPA. As penalidades são listadas no capítulo VII – DA FIXAÇÃO E GRADAÇÃO DAS PENAS, nos incisos do artigo 11 do CEPA. O art. 11º – Fixação e gradação das penalidades descritas…

O CRA e a conciliação de interesses

Por Jadir Tosta Junior | 10 de junho de 2019

Além de sua função fiscalizadora, o Conselho Regional de Administração também deve intervir para a conciliação de interesses entre administradores. Essa função está descrita no artigo 9º do Código de Ética dos Administradores. O artigo 9º do CEPA Art. 9° O Profissional de Administração poderá recorrer à arbitragem do Conselho Regional de Administração nos casos…