Nunca trepe no vaso: Aprenda com as experiências e use as lições no futuro

Quando tinha 13 anos meu pai me colocou para trabalhar numa loja de auto peças, seu objetivo era que eu aprendesse a profissão de balconista de peças automotivas.

E o que dizer da minha experiência naquele lugar? Bem, o dono da loja, ex-marido de uma tia de meu pai, dizia uma frase todas as vezes que avaliava meu trabalho:

Uma merda, sim filho, está uma merda!

Então, vou usar a mesma frase para expressar o que foi minha experiência.

Uma merda, sim velho, foi uma merda!

Que lições eu tirei desta experiência profissional?

Vejam, eu era uma espécie de faxineiro de uma caótica escola prática, uma mistura de faxineiro com aprendiz.

O que eu fazia era arrumar e limpar peças e prateleiras enquanto aprendia a ser um balconista fazendo a leitura das etiquetas identificadoras de peças automotivas.

Na verdade eu fazia de tudo: comprava pão, varria a loja, andava pela rua buscando peças, espanava as prateleiras e limpava as peças, pegava óleo de motor no estoque, lavava o banheiro, coletava ratos mortos.

As vezes também fazia papel de palhaço, certa vez me mandaram buscar um martelo de desempenar vidro em outra loja.

Achei um vídeo que mostra que essa prática ainda acontece, veja você mesmo:

Portanto, não importava o salário de R$ 5,00 por semana, o mais importante era eu me tornar alguém na vida, no caso, um balconista.

Sabe o que é interessante? Não consigo me lembrar de como eu gastava esse dinheiro.

Flagrado trepado no vaso

Um belo dia me pediram para lavar o banheiro, e então, lá fui eu.

Ao final do trabalho, percebi que meu tênis estava desamarrado, então, apoiei o pé no vaso sanitário, amarrei o tênis e voltei para minhas tarefas de aprendiz.

Um minuto depois, o dono da loja vai ao banheiro, e grita carinhosamente:

Menino (é como me chamavam), venha cá!

Chegando ao banheiro, encontro o velho parado em frente ao vaso sanitário com a cara do Krang (aquele vilão dos Tartarugas Ninjas) com muita raiva.

Krang com raiva

fonte: aminoapps.com

Você pode imaginar o meu pavor.

Mas o que me mais me espantou não foi a cara dele, mas sim a pergunta que ele me fez:

Menino, você está cagando (desculpe o linguajar, mas preciso de realismo aqui) trepado no vaso?

Antes que eu pudesse explicar ele continuou…

Se você cagar trepado no vaso, vai morrer com um corte da largura de uma árvore bem no meio da sua bunda.

O que você acha que um garoto recém chegado do interior pensaria numa situação dessas? Como eu poderia saber que vasos sanitários cortam mais do que facas?

Eu apenas apoiei o pé no vaso para amarrar o tênis. Bem, você deve presumir que eu tentei explicar a situação, mas, foi em vão. Fui culpado de cagar trepado no vaso.

Minutos depois alguém me pediu para pegar caixas de papelão para embalar peças, fui até a esquina para atender o pedido e nunca mais voltei.

Veja, eu era tão importante para aquele lugar que nunca se preocuparam em perguntar porque desapareci. Lá se foram meu R$ 5,00 por semana.

Aprenda com as experiências e use as lições no futuro.

Mas o que tem a ver essa história tosca com experiências e lições no futuro?

Embora ser acusado de uma coisa que você nunca cometeu seja algo ruim, existe por outro lado, uma coisa boa:  descobrir que nunca se deve cagar trepado.

Aquele senhor tinha razão, isso pode te matar. Pesquise na internet a palavra chave: mulher morre ao trepar em vaso e você verá que ele estava certo (Aviso: tem cenas fortes). Se você faz isso, pare agora.

Te peguei! Não foi isso que eu aprendi de verdade. Aprendi que quando você não tem valor em um lugar, você simplesmente vai embora, se ficar, estará ferrando com você mesmo.

Uma empresa perde quando não valoriza e reconhece um bom funcionário, mas, permanecer na organização pode ser como cagar trepado: você corre o risco de um dia se dar mal.

O que fazer então?

Você pode começar simplesmente redefinindo seus objetivos profissionais. Se não sabe como fazer isso, leia este post que mostra o que o administrador deve saber sobre objetivos profissionais.

Se já possui seus objetivos profissionais bem definidos, talvez esteja na hora de buscar uma nova oportunidade, portanto elaborar um bom currículo de administrador(a), talvez seja uma ótima forma de começar.

O que é realmente importante é utilizar as experiências profissionais passadas pra montar um quadro geral do seu crescimento.

O resultado destes momentos importantes em sua carreira, ajudarão a definir o que você espera de um novo trabalho.

Você pode utilizar algo que construímos para montar esse quadro: A ferramenta de autoanálise da caminhada profissional. Clique aqui para baixar autoanalise da caminhada profissional.  

Hora de dar tchau!

Muito bem! Espero que tenha entendido que o mais importante é utilizar as lições do passado para errar menos no futuro. E não se esqueça, jamais trepe no vaso sanitário.

Você pode ter achado meu texto grosseiro, mas, tente ver por outro lado, preciso ser mais autentico ao escrever.

Eu quero muito compartilhar ideias e experiências, mas, preciso ser honesto e mostrar a realidade.

Portanto, se gostou do texto, comente e compartilhe, se não gostou, comente e compartilhe assim mesmo, desta forma, seus amigos lerão seu comentário.

Um forte abraço.

Posted in

Jadir Tosta Junior

Trabalhei por mais de 10 anos em grandes multinacionais como: Unilever, XEROX e VONDER. Atuo como Administrador concursado desde Novembro de 2011 em um órgão no Estado do Espirito Santo. Sou apaixonado por marketing digital e também por empreendedorismo, por isso, passo parte de minhas noites atuando como Consultor de Marketing de Digital/Inbound Marketing e Vendas pela internet e principalmente, fazendo algo que adoro: escrever aqui no blog.

4 comentários

  1. NORIANA SEEFELD BEHREND em 31 de março de 2019 às 18:14

    O título me deixou intrigada, mas o conteúdo do texto é que me surpreendeu de verdade. Quem nunca passou por isso: se sentir desvalorizado no ambiente de trabalho. Concordo que o ‘pulo do gato’ é saber o que fazer com isso.

  2. Leila Aragao em 1 de abril de 2019 às 10:52

    No começo do texto, não estava entendendo nada. Não conseguia relacionar o titulo com a historinha, mas no fim, me surpreendi com a “sacada”, porque esperava um outro final. Interessante!

Deixe um Comentário





block chain, personal, shaking hands

Art. 2° Inciso II: deveres do profissional de administração

Por Jadir Tosta Junior | 22 de agosto de 2020

O Código de Ética dos Profissionais de Administração (CEPA) regula os direitos e deveres dos profissionais de administração. O Art. 2° Inciso I estabelece que um dos deveres do profissional de administração é exercer seu trabalho com zelo e honestidade, atuando de uma maneira em que os interesses dos clientes, instituição e sociedade sejam prioridade.…

banner, header, business

Comentário Art. 2º – VII do código de ética dos administradores: função social da organização e a necessidade de preservação do meio ambiente

Por Jadir Tosta Junior | 12 de fevereiro de 2020

Qualquer que seja o tipo de empresa ou pessoa jurídica para quem o administrador irá trabalhar, essa terá uma atividade econômica produzindo bens ou serviços. E é dever dos administradores promoverem essa orientação: Art. 2º – VII – esclarecer o cliente sobre a função social da organização e a necessidade de preservação do meio ambiente.…

businessman, team spirit, teamwork

Comentário Art. 2º – VI do Código de ética dos administradores: Cuidados no zelo por sua reputação pessoal e profissional

Por Jadir Tosta Junior | 12 de fevereiro de 2020

Um administrador que se preze estará sempre atento às suas decisões profissionais e pessoais e em como elas refletem nos outros ou com são interpretadas por eles, veja porque: Art. 2º  – VI – zelar por sua reputação pessoal e profissional, bem como pelo prestígio e dignidade da profissão; Zelar pela reputação pessoal abrange todas…

student, library, books

Comentário Art. 1º parágrafo segundo do Código de Ética dos administradores

Por Jadir Tosta Junior | 11 de fevereiro de 2020

A quem se aplica o código de ética dos administradores? Todos com alguma formação em administração? Inclui aqueles que estão em formação? No Brasil o curso de administração está entre os 10 cursos que mais entregam profissionais formados no mercado. Segundo dados do Inep, publicado em 2016, os cursos de administração formaram 1. 319.804 alunos…

book, read, student

Aperfeiçoamento pessoal e profissional. Vá estudar que você ganha mais.

Por Jadir Tosta Junior | 19 de julho de 2019

Em um mundo de constantes mudanças como o que vivemos, aperfeiçoamento pessoal e profissional já deixou de ser diferencial e se tornou pré requisito básico para qualquer profissional. E o inciso V do artigo 2º do CEPA diz que isso realmente é um dever, uma obrigação, de todo administrador, não apenas uma opinião de comum…

Como apresentar recurso para Processo Ético Disciplinar

Por Jadir Tosta Junior | 13 de junho de 2019

Você já foi penalizado por descumprir alguma das diretrizes do Código de Ética dos Administradores (CEPA)? Se isso vier a acontecer sabe como apresentar recurso para Processo Ético Disciplinar? O Código de Ética dos Administradores traz no artigo 11º as penalidades que os administradores sofrerão caso desrespeitem alguma das regras do CEPA. Mas, também traz…