O administrador é capaz de prever o seu próprio sucesso profissional?

O administrador é um profissional que precisa treinar a sua habilidade de visão ampla.

Mais do que isso, precisa se conscientizar que somente pelo conhecimento ele será capaz de adquirir a visão a longo alcance ou habilidade conceitual. 

Mas como acelerar este processo de auto conscientização sobre a necessidade de adquirir conhecimento e garantir altos níveis de motivação para se lançar para o futuro?

Vou te contar uma breve história de como aconteceu comigo.

Gostaria antes de estabelecer com você, que o “conhecimento” que tratamos aqui é o ato ou efeito de conhecer. É o saber, a instrução e a informação.


A HISTÓRIA DA PESCARIA E A PEDRA DO CONHECIMENTO

o administrador e a pedra do conhecimento.Quando eu era criança, por volta do ano de 1987, vivia no interior da cidade de Afonso Cláudio no ES.

Eu e meu irmão adorávamos pescar. Pescaria era algo que mais nos empolgava, nem tanto pelo tamanho dos peixes, mas sim pela aventura.

Sempre que chovia, nossa empolgação ia lá no alto porque era uma ótima oportunidade para pescar bagres.

Bagre é um peixe que sai do esconderijo quando as águas do rio estão turvas ou barrentas. Ele é fácil de fisgar porque não possui dentes e abocanha todo o anzol. 

Mas para chegar ao rio precisávamos cruzar uma área com muito mato, capim alto dentre outros riscos para duas crianças.

Então, para não ter que enfrentar por toda aquela dificuldade e risco inutilmente. Subíamos em um morro e em cima de uma pedra avistávamos o rio.  

Se o rio estivesse amarelo turvo, valeria a pena enfrentar o desafio de cruzar a difícil trila até o local da pesca. Mas caso estivesse límpido não valeria a pena correr tantos riscos.

Outro fato importante que mostrava que o rio estava para peixes era a presença de alguma pessoa com vara de pesca a caminho do rio ou que já estivesse pescando. Esse era outro dado importante sobre o sucesso na pescaria.

Portanto, aquela pedra me permitia ter uma visão do sucesso ou fracasso da empreitada.

Para mim, era a pedra do conhecimento. A partir dela eu conhecia a minha realidade futura.

Faz sentido para você?


MAS O QUE EXATAMENTE ESSA HISTÓRIA ENSINA PARA O ADMINISTRADOR?

Veja, antes da faculdade passei por um momento de muita reflexão e dúvida sobre adquirir conhecimento. Eu trabalhava oito horas por dia e se quisesse fazer uma faculdade eu teria que pagar caro (esforço e dinheiro). E isso consumiria quase o meu salário todo.

Na prática eu estava em dúvida se valeria a pena gastar meu escasso recurso financeiro, passando um “perrengue” daqueles, para me formar em administração.

Foi então que lembrei desta história de infância e minha conclusão foi:

  • O conhecimento é a pedra sólida onde me apoio para enxergar mais longe.
  • Só o conhecimento nos concede a ampla visão de um futuro de oportunidades ou dificuldades.
  • Só adquirindo conhecimento é que você consegue enxergar o rio de oportunidades que está a sua frente.
  • Sem o conhecimento  você correrá riscos de maneira irresponsável. Ao chegar ao seu objetivo poderá se frustrar percebendo que seus resultados não valeram a pena. Seria triste.

Portanto, não ignore a probabilidade de insucesso, observe os sinais e aprenda.


O ADMINISTRADOR E A BUSCA POR INDICATIVOS DE SUCESSO

Para adquirir conhecimento, procure por fatos e dados que atestem que as oportunidades a sua frente são reais e valem a pena. Por exemplo:

  • O curso de pós graduação que você deseja fazer é promissor?
  • Quais são os indicativos de que ele pode te trazer bons resultados?  
  • Valerá a pena atravessar todo longo e difícil caminho?

São perguntas que você deve fazer.

No caso da história que contei, meus dados e fatos eram:

  • o rio amarelo barrento,
  • a chuva recém caída
  • e a presença de pessoas na beira do rio.

Já no caso da sua carreira, você precisa descobrir quais são os conhecimentos que lhe permitirão ter uma visão ampla sobre sua vida profissional no futuro, depois identifique quais são os indicativos de que você terá sucesso na sua meta.

O administrador que age desta forma aprende cada vez mais rápido e tem maiores chances de sucesso.


PONTOS PRINCIPAIS

Para finalizar aprendemos que é preciso treinar nossa habilidade de visão de longo alcance.

Para fazer isso é preciso utilizar um conhecimento solidificado (a pedra) para observar os indicativos de sucesso da sua missão.

Esses são os principais conceitos aprendidos.

Se gostou deste artigo, compartilhe com quem você gosta. Clique no link acima e assine nosso canal. 

Use os botões de redes sociais que estão acima para fazer o compartilhamento.

Se é administrador e quer fazer parte de um grupo forte e capaz de altas realizações, deixe seu e-mail no campo abaixo.

[epico_capture_sc id=”179″]

Posted in

Jadir Tosta Junior

Trabalhei por mais de 10 anos em grandes multinacionais como: Unilever, XEROX e VONDER. Atuo como Administrador concursado desde Novembro de 2011 em um órgão no Estado do Espirito Santo. Sou apaixonado por marketing digital e também por empreendedorismo, por isso, passo parte de minhas noites atuando como Consultor de Marketing de Digital/Inbound Marketing e Vendas pela internet e principalmente, fazendo algo que adoro: escrever aqui no blog.

1 comentário

  1. Wesley Simões em 31 de maio de 2017 às 10:53

    Artigo top. Certamente o conhecimento é a base para termos uma visão mais de longo alcance e escolhermos melhor o caminho a seguir. Gostei muito da analogia com a história da pescaria e a pedra do conhecimento. São nas coisas simples que tiramos um grande aprendizado. Parabéns pelo artigo!

Deixe um Comentário





Fixação de honorários e salários para administradores Parte 18

Fixação de honorários e salários para administradores: Parte 1/8 – Inciso I, art. 5° do Código de Ética

Por Jadir Tosta Junior | 13 de junho de 2019

Quando iniciei minha vida profissional na área comercial, vivi uma experiência inesquecível. Estava com dificuldades para fazer minhas vendas e quando vendia, ganhava pouco. Então, fui reclamar da comissão com o Diretor e ele me propôs um desafio. Apostou comigo que ele venderia um dos equipamentos pelo dobro do preço que eu ofertava, e fecharia…

Reexame da suspensão e do cancelamento do registro de Administrador

Por Jadir Tosta Junior | 11 de junho de 2019

O artigo 11º do Código de Ética dos Administradores, que trata das penalidades, já foi discutido no artigo Penalidades descritas no CEPA. Então, neste artigo vamos falar da possibilidade de reexame da suspensão e do cancelamento do registro profissional. O que diz o parágrafo 1º do artigo 11º do CEPA. § 1º Está sujeita ao…

Entidades de classe da Administração

Por Jadir Tosta Junior | 11 de junho de 2019

As entidades de classe da administração são grandes aliadas dos profissionais que atuam na área. Por isso, cabe aos administradores prestigiarem esses grupos, de modo a alcançar a coesão da categoria e fortalecer a profissão, Isso é o que traz o inciso I do artigo 10 do Código de Ética dos Administradores. Artigo 10 do…

tratar com respeito

Representantes de órgãos de classe da Administração devem tratar com respeito todos os administradores

Por Jadir Tosta Junior | 11 de junho de 2019

Já vimos em outro artigo que os profissionais da administração devem tratar com respeito e urbanidade os representantes de órgãos de classe. Mas, você sabia que a recíproca é verdadeira? Isso mesmo, os representantes dos órgãos da classe devem tratar os administradores da mesma forma. Portanto, não deve haver diferença no tratamento, o respeito e…

penalidades descritas no CEPA

Penalidades descritas no CEPA

Por Jadir Tosta Junior | 11 de junho de 2019

Temos aprendido juntos sobre o Código de Ética dos Administradores, artigo a artigo, e chegou a vez de abordarmos as penalidades descritas no CEPA. As penalidades são listadas no capítulo VII – DA FIXAÇÃO E GRADAÇÃO DAS PENAS, nos incisos do artigo 11 do CEPA. O art. 11º – Fixação e gradação das penalidades descritas…

O CRA e a conciliação de interesses

Por Jadir Tosta Junior | 10 de junho de 2019

Além de sua função fiscalizadora, o Conselho Regional de Administração também deve intervir para a conciliação de interesses entre administradores. Essa função está descrita no artigo 9º do Código de Ética dos Administradores. O artigo 9º do CEPA Art. 9° O Profissional de Administração poderá recorrer à arbitragem do Conselho Regional de Administração nos casos…